Carros rebaixados

A arte de rebaixar um carro hoje, além de estar presente na lista de tunagem de carros, é melhor do que antes. Mas todos nós sabemos quanto trabalho dá um carro rebaixado. Passar com todo o cuidado nas lombadas e tentar evitar ao maximo os buracos e outros obstáculos que podem ser prejudiciais estão entre os principais cuidados. Algumas pessoas tentam rebaixar carros por conta própria, mais isso não é recomendado, pois final sobram os prejuízos.

Porém, apesar das más línguas, socar o carro no chão tem as suas vantagens - desde que o trabalho seja feito por profissionais da área - pode-se obter um bom resultado, sem muitos problemas futuros.

Existem algumas formas de se rebaixar carros, mas vamos falar de três tipos que são as mais conhecidas: A suspensão fixa, a suspensão de rosca e a suspensão à ar. Algumas são legalizadas, outras, nem tanto.

Se você pretende entrar pra lista de carros rebaixados, basta escolher a melhor forma e a mais apropriada. Mas lembre-se: todo veiculo é concebido através de uma série de testes e estudos para se obter um bom desempenho e segurança. Uma vez que há alterações, pode-se comprometer estes fatores. Portanto, sempre procure por profissionais capacitados para tais procedimentos, assim você não terá desapontamentos posteriores.

A Suspensão Fixa, que também é conhecida como suspensão preparada, tem as suas peças como amortecedores e molas já preparadas para tal ocasião e são feitas sob medida. O resultado é uma maior aderência ao asfalto e carros que suportam maiores pressões. Ainda pode-se optar por buchas de poliuretano, que tem maior durabilidade. Um dos poucos pontos negativos desse tipo de suspensão é que ela deixa pequenas vibrações, detalhe que pode ser considerado. Outra vantagem desse tipo de suspensão, é que ela é totalmente regulamentada.

Já a suspensão de rosca não tem muitos itens especialmente preparados. Apenas uma rosca nos amortecedores que permite a alteração da altura do veiculo. Apesar de ser muito utilizada em corridas, a suspensão de rosca não é legalizada para uso em carros de rua,mas se feita por profissionais, traz bons resultados e não é tão cara.

A suspensão à ar, que é muito utilizada em caminhões e onibus, também está disponivél para carros. O kit é composto por um conjunto de mangueiras, bolsas de ar, compressor, cilindros e válvulas solenoides. Permite variadas alterações de altura ao toque de um botão, seja ele instalado no painel ou através de controle remoto. É estilosa e chama a atenção quando vista, mas também tem um custo bem elevado e traz muitas manutenções. Não é tão recomendada e também não é permitida pela regulamentação, pois coloca a segurança em risco. Também perde-se bastante espaço no interior do veiculo devido os componentes serem volumosos como os cilindros de ar e compressores.

Estas são as mais conhecidas no mercado, mas antes de escolher, faça uma boa pesquisa, monte um bom projeto e sempre busque o auxílio de profissionais para obter bons resultados. Assim voce vai garantir bons resultados sem dores de cabeça no futuro.

Deixe um comentário