Carros Turbinados

Turbinar um carro pode não ser uma tarefa tão simples se você não tiver um certo conhecimento. Ao turbinar o seu carro, você estará dando mais força ao motor e, consequentemente, menos vida útil. Em certos casos, é necessário modificar algumas partes do carro devido a força gerada. Mas antes de ter o carro turbo dos seus sonhos, conheça um pouco sobre como funciona.

O turbo-compressor é acoplado na saída de gazes do motor ou escape, aproveitando a saída dos gases do motor para girar um eixo onde na outra extremidade possui uma espécie de palheta, que vai bombeando o ar para a área de admissão do motor conforme aceleração.

Com mais ar no cilindro do motor, há a necessidade de mais combustível, aumentado assim a explosão da mistura. Com isso, pode-se esperar um aumento de até 40% na potencia do motor do carro.

Porém, para que o turbo alcance o efeito desejado, pode demorar alguns segundos, dependendo do tamanho da peça. Quanto maior o turbo, maior o tempo de resposta, pois para que ele entre em ação, é preciso de mais aceleração, para que os gases do motor girem mais rápido as palhetas e, com isso, o ar impulsione mais rápido a região de admissão, e assim sucessivamente. Esse efeito é conhecido como turbo lag.

Para que não se tenha turbo lag, é recomendado o uso de turbo-compressores de tamanho menor. Esses apesar de girarem mais rápido, alcançam a velocidade mais rápido mas, devido o tamanho, pode não oferecer tanta potencia.

Como o turbo trabalha com os gases do motor,  a tendência é aquecer, esquentando também o ar que é enviado para o motor. Com o ar bombeado para dentro dos cilindros sob pressão e sendo mais comprimido pelo pistão, corre-se o risco de acontecer a famosa "batida de pino" devido ao aumento da temperatura do ar. Com o ar mais quente, pode acontecer também uma queima antecipada da mistura ar/combustível. Para se evitar isso, é recomendado o uso de combustível de maior octanagem. Uma curiosidade se da ao apito que faz quando há muita pressão no compressor.

Para esse caso também é recomendado o uso do intercooler, uma espécie de radiador que vai resfriar o ar pressurizado que esta sendo enviado para o motor. Com isso, além de evitar o efeito "batida de pino" , o desempenho do motor é melhorado.

Alguns carros turbo já vem assim de fabrica, mas se você procura dar um upgrade no seu carro, procure um especialista no assunto. Assim você vai aproveitar muito mais e terá menos dores de cabeça.

Deixe um comentário