Motor de carros usados. Como avaliar?

Quando optamos por comprar um carro zero, o que mais nos interessa é a potência do motor, o quanto que ele vai consumir, como devo amacia-lo inicialmente, e assim vão surgindo duvidas e mais duvidas. Mas não precisamos nos preocupar tanto com o motor, pois é novo e se algo acontecer nos primeiro dias, está na garantia.

E quando se trata de carros usados, como eu devo avaliar o motor do carro antes de fechar qualquer negócio? "Ahh… Vou levar o meu mecânico de confiança para avaliar comigo." Mas e quando o mecânico não esta disponível? O que fazer?

Pensando nisso e em mais uma série de perguntas que todos fazemos na hora de comprar um carro usado, selecionamos algumas dicas importantes, da quais você poderá usar sem a presença do seu "mecânico de confiança".

Mas apesar de serem dicas importantes, ainda sim, não se descarta a hipótese do acompanhamento de um profissional, exemplo: o seu mecânico de confiança. Na duvida, ele é a melhor pessoa que se pode recorrer nesse momento.

Quando abrir o capô, claro que na maioria das vezes, você vai se deparar com um motor limpo, brilhando, parecendo até que acabou de ser fabricado.
É nessa hora que você tem que desconfiar. Não estou dizendo que só porque esta limpo, ele pode esconder algum problema, mas se tratando de carros usados, nunca é demais desconfiar.

Comece pelas mangueiras, correias, suportes. Verifique se não há trincos, fissuras que possam indicar vazamentos. A existência de materiais como fitas isolantes, durepox e outros podem indicar que aquela peça precisa ser substituída. Preste atenção em outras peças expostas.

Olhe os terminais dos cabos da bateria e veja se estão enferrujados, oxidados, sulfatados ou até mesmo, desgastados. Isso pode demonstra se houve troca constante de bateria.

Cheque os filtros de ar ou de combustível. Se a peça conter muita sujeira, demonstra a pouca preocupação com o veiculo em questão.

Veja os compartimentos de fluidos. Exemplo: Compartimento de fluido de freio, reservatório de água, reservatório de combustível. Analise o estado de cada uma dessas peças, verifique se não há vazamentos ou sujeiras encrostadas.
Verifique também as tampas de cada reservatório, observando a sua vedação. Veja também os níveis dos líquidos de cada compartimento.

Examine as abraçadeiras e outras peças que ficam próxima de mangueiras. Procure por sinais de ferrugem. Pois, pode ser sinais de que existe vazamento naquela região.

Olhe a tampa do radiador. Se detectar qualquer anomalia como crostas amareladas ou a presença de ferrugem, pode haver vazamentos ou óleo no sistema de arrefecimento.

Cheque o óleo, se o nível for baixo, isso pode representar um alto consumo, pouca manutenção ou vazamentos.
Verificar se o óleo é mais denso do que o recomendado. O óleo mais denso, ajuda a reduzir certos ruídos, o que pode não ser bom. O óleo muito escuro também representa a falta de manutenção.
Verifique as velas e os cabos. As velas,devem ter os contatos brilhantes.
Veja se próximo das juntas do cabeçote, existe a presença de óleo, o que pode indicar vazamentos ou até o empenamento da peça.

Ligue o carro e analise se ele demora para ligar. Se demorar para funcionar, os bicos podem estar sujos. Olhe o escapamento e veja se esta melado de óleo, pois em casos normais, ele deverá estar preto de fuligem. Se a fumaça estiver com tonalidades branca ou azulada, significa que esta queimando óleo.

Estas são algumas dicas que podem representar muito na hora de comprar. Avaliar o motor de carro realmente não é fácil. Mas com essas dicas, podem te salvar de muitas complicações posteriores. Na duvida, solicite a presença de um profissional de sua confiança.

1 comentário
  1. zeynner fabiano

Deixe um comentário